13 de set de 2011

GOVERNO DA PARAÍBA CONVOCA 200 CONCURSADOS PARA CURSO DE FORMAÇÃO DE AGENTES PENITENCIÁRIOS

O Governo do Estado da Paraíba convocou mais 200 candidatos classificados em concurso público para efetuarem a matrícula no Curso de Formação de Agente de Segurança Penitenciária. O edital foi publicado no Diário Oficial desta terça-feira (13), nas páginas 21 a 23. A formação é a terceira etapa do concurso realizado em julho de 2008. As matrículas serão realizadas entre os dias 26 e 30 deste mês, no horário de 9h às 12h e das 14h às 17h, na Escola de Serviço Público do Estado da Paraíba (Espep – Rua Neuza de Souza Sales, s/n, no bairro de Mangabeira, em João Pessoa). Dos 2 mil candidatos classificados no concurso o Governo do Estado já formou e nomeou mil. Outros 200 estão sendo chamados agora para o curso de formação, restando ainda 800 candidatos. O Governo vai convocando para a formação e nomeando de acordo com a disponibilidade financeira do Estado. O secretário de Estado da Administração Penitenciária, Harrison Targino, revela que a duração do curso de formação é de 100 horas/aula sob a responsabilidade da Escola de Gestão Penitenciária da Paraíba. Quem não efetuar a matrícula no prazo acima será considerado desistente e sua vaga será ocupada por outros convocados para matrículas no período de 19 a 21 de outubro. A convocação feita nesta terça-feira é composta de dois grupos: o 9º grupo assistirá aulas no período de 21 de novembro a 3 de dezembro e o 10º grupo, entre 5 e 17 de dezembro. Disciplinas – As disciplinas a serem ministradas no curso são: estatuto do servidor público, lei de execuções penais, direito processual penal, redação oficial, primeiros socorros, rotinas e procedimentos operacionais, procedimentos disciplinares e sindicância, direitos fundamentais do preso, gerenciamento de crises, inteligência penitenciária, mediação de conflitos, comportamento humano em instituições carcerárias, psicologia das relações interpessoais, direitos humanos, ética e cidadania, criminologia clínica, equipamentos de proteção e tiro defensivo e defesa pessoal e técnicas de imobilização. A grade curricular é exigida pelo Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça (Depen). São 18 disciplinas distribuídas em cinco módulos.

<VEJA A LISTA DE CONVOCADOS AQUI>

0 comentários:

Postar um comentário