14 de set de 2011

PRESOS REALIZAM REBELIÃO NO PRESÍDIO DE PARNAMIRIM

O clima é de tensão desde o início da manhã desta quarta-feira (14) no Presídio Estadual de Parnamirim (PEP). Após os agentes penitenciários proibirem a entrada de alimentos nas visitas íntimas, os apenados iniciaram uma rebelião, depredando celas, derrubando grades de proteção, e ateando fogo em colchões. O grupo de operações especiais dos agentes penitenciários foi enviado para o local para tentar coibir a ação dos detentos. Familiares dos presidiários protestam do lado de fora da unidade, na tentativa de conseguirem levar comida para eles. A decisão pela proibição da entrada de alimentos, material para higiene pessoal e vestuários foi tomada em uma assembléia. Os agentes penitenciários entendem que o apenado, enquanto estiver sob a custódia do executivo estadual, deve ser mantido pelo Estado. Segundo o Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Penitenciário do RN (Sindasp) esta é uma forma de tentar mostrar ao Governo do Estado a "situação de calamidade" em que se encontra o sistema prisional.
Os agentes penitenciários se preparam para greve, a partir desta sexta-feira (16), o que vai complicar mais ainda a situação das unidades prisionais, por causa da diminuição do efetivo.

Fonte: Tribuna do Norte.

0 comentários:

Postar um comentário