10 de out de 2011

GOVERNO NÃO APROVA PROPOSTA E PM E BOMBEIROS DECIDEM AMANHÃ SE PARAM AS ATIVIDADES

Representantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar se reuniram na tarde desta segunda-feira (10) com parte da equipe do Governo do Estado do Rio Grande do Norte para novamente tratar da implantação da nova remuneração por meio do subsídio dos Militares no RN. Os representantes do Governo afirmaram que a proposta encaminhada pelas associações na última semana é inviável para o orçamento estadual e a expectativa dos policiais em definir a implantação do subsídio no RN ficou ainda pior. O Governo marcou uma nova reunião para a próxima quarta-feira (19) onde novamente irá apresentar mais uma tabela que certamente não agradará a classe Militar. Para o CB/PM João Batista, Presidente da Associação dos Praças da Policia e Bombeiros Militares do Seridó, que esteve presente na reunião, o governo só está tentando ganhar tempo para que a proposta não seja aprovada na Assembléia Legislativa e o subsidio fique somente para 2013. Na reunião de hoje o governo disse não ter condições de cumprir com o que foi pedido pelas associações e reafirmou que a proposta do executivo estadual estipulando R$ 2,8 mil para o soldado e R$ 17 mil para o coronel continua válida e que aguarda uma nova decisão das associações.

Policiais e Bombeiros Militares farão assembléia geral amanhã


Com a indefinição do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, os policiais e bombeiros militares do Estado mantiveram a Assembléia Geral marcada para amanhã. A Assembléia Geral está marcada para amanhã (11) às 9 horas, no auditório do CEMURE, próximo à Rodoviária na Cidade da Esperança em Natal . As associações convocaram todos os militares estaduais a comparecerem na Assembléia fardados e desarmados.

Cardoso Silva.

0 comentários:

Postar um comentário