18 de set de 2011

PRESÍDIO EM CAICÓ CONTINUA SEM REFORMAS DO GOVERNO DO ESTADO

Segundo a Associação dos Praças da Policia e Bombeiros Militares do Seridó (APBMS), cinco Meses depois de um detento morto, oportunidade em que o juiz criminal de Caicó, Luiz Candido de Andrade Vilaça, afirmou que a situação da Penitenciária Estadual do Seridó era de caos, não mudou muita coisa dentro daquela unidade prisional. No dia 25 de abril passado, o magistrado realizou uma inspeção no Pereirão, em decorrência de vários curtos-circuitos no sistema de elétrico. Apos verificar todos os problemas e fazer vários registros fotográficos, Luiz Cândido confeccionou uma série de ofícios mostrando os problemas para as autoridades estaduais, como a Governadoria, secretaria de Segurança, Sejuc, Comando Geral da PM, presidência do TJRN, Corregedoria, entre outras. Mesmo assim, a reforma desejada não chegou e a situação não mudou muito dentro do presídio. Com a falta de estrutura, algumas guaritas continuam sem funcionar porque não oferecem segurança aos policiais. Agentes, PMs, direção e até os presos ainda correm risco dentro da unidade. Na manhã de ontem (16), mais um detento morreu com traumatismo craniano e, novamente, de forma misteriosa. Ameaças de rebelião também começam a preocupar.

Fonte: Blog Robertoflavio.

0 comentários:

Postar um comentário